Conheça nossa Fanpage Siga-nos no Twitter

"Os benefícios do Pilates só dependem da execução dos exercícios. As instruções devem ser seguidas com fidelidade"

- Joseph Pilates

Histórico do Pilates

O método pilates é um programa de exercícios desenvolvido pelo alemão Joseph Hubertus Pilates (1880 - 1967) que tem como principal objetivo trabalhar o fortalecimento muscular com estabilização na região abdominal e lombar juntamente com exercícios de alongamento, uma das principais características do método Pilates e a utilização de equipamentos específicos criados pelo próprio Joseph H. Pilates que tem como diferencial o oferecimento de resistência através de molas (carga elástica).

Joseph Hubertus Pilates (1880 - 1967) nasceu nas proximidades de Dusseldorf, Alemanha, quando criança Joseph Pilates já apresentara um quadro muito frágil de sua saúde onde obtinha asma, raquitismo e também febre reumática. Devido a todos esses problemas de sua infância quando ainda era jovem decidiu estudar e se especializar em anatomia, fisiologia, cultura física, esqui, mergulho, ginástica para que também passasse a se tornar fisicamente forte e saudável.

Aos 32 anos em 1912, J. H. Pilates mudou-se para Inglaterra e lá trabalhou como lutador de boxe, artista de circo, de treinador de autodefesa de detetives Ingleses da Scotland Yard. Quando culminou a I Guerra Mundial, J. H. Pilates foi mandado juntamente com outros alemães para um confinamento em um campo de batalha em Lancaster, pois as autoridades britânicas os consideravam "inimigo estrangeiro". E foi nesse campo confinado que J. H. Pilates decidiu refinar suas idéias sobre saúde e aptidão física e encorajou seus colegas a participarem de seu programa baseado em uma serie de exercícios realizados no solo. O reconhecimento inicial de seu método aconteceu quando foi constatado que nenhum seus colegas juntamente com ele na tinham sido contaminados pela epidemia de gripe que matou milhares de pessoas em outros campos na Inglaterra em 1918.    

Joseph foi transferido para outro campo de concentração, onde se tornou enfermeiro e vigia. Neste campo, em Lancaster, ele pegou as molas das camas e desenvolveu equipamentos para reabilitar seus pacientes, utilizando a resistência das mesmas, de modo que os pacientes começassem a tonificar seus músculos antes mesmo de poderem levantar. Após a guerra, voltou a Alemanha e interagiu com pioneiros das técnicas de movimentos como Rudolf Von Laban e Hanya Holm. Ao mesmo tempo, Joseph Pilates trabalhava como treinador para a força policial de Hamburgo. Em 1923 partiu para Nova York para montar seu primeiro estúdio junto com sua esposa, Clara. Ela era enfermeira e incorporou os conceitos e exercícios de Joseph de modo que beneficiasse mais seriamente clientes doentes.O método Pilates foi um sucesso imediatamente nos EUA, particularmente entre os bailarinos - Martha Graham e George Balanchine foram os primeiros a serem conquistados. Os bailarinos, que em geral se machucavam muito, logo descobriram que os exercícios de Pilates levavam a uma recuperação mais rápida - e isso numa época em que os efeitos terapêuticos da reabilitação imediata ainda não eram reconhecidos. Nos anos 60 George Balanchine convidou Pilates para instruir suas jovens "ballerinas" do NEW YORK CITY BALLET.

Pilates procurou os colégios para incentivar seu programa de condicionamento porque acreditava ser seu método bom para a raça humana e igualmente bom para as crianças nas escolas. Entre 1927 e 1951 Joseph obteve as patentes dos equipamentos que ele inventou.Faleceu em 1967. Clara Pilates deu aulas até 1970. Clara Pilates faleceu em 1976.que continuaram a ensinar o método. São eles: Romana Kry-zanowska, Carola Trier, Kathy Stanford-Grant, Eve Gentry e Ron Fletcher. Em 1970 Hollywood descobre Pilates através de Ron Fletcher.Hoje 5 milhões de americanos praticam a técnica de Pilates.

 

Princípios do Pilates

O Método Pilates é composto por 6 princípios clássicos da contrologia eleitos por Joseph e retirados a partir de filosofias e técnicas de movimentos orientais (ex: artes marciais), e nas filosofias e métodos de educação corporal ocidental. São elas:

Respiração: No método pilates todos os exercícios são associados a respiração. É importante manter a circulação do sangue pura durante o exercício, e é quando acontece uma respiração adequada permitindo a oxigenação do sangue eliminando gases nocivos.

Concentração: Quando o indivíduo se concentra ele fica no comando de cada movimento realizando os mesmos com precisão e perfeição. Se a mente e o corpo estiverem trabalhando juntos, o movimento terá maior eficiência.

Controle, precisão do movimento: O controle do movimento é um processo consciente e ocorre através de muita prática. A precisão ajuda na melhora e no controle do movimento, é necessário a concentração nos movimentos certos cada vez que se faz um exercício.

Paciência e Persistência: Juntando todos os princípios acima citados é necessário sempre a paciência para repetir quantas vezes for necessário cada exercício para que assim você consiga entender o modo correto de fazê-los.

Centro: No método os exercícios concentram-se em fortalecer o centro de força visando estabilizar o tronco, melhorando a postura e evitando lesões.

Fluidez: Todos os exercícios no pilates devem ser realizados de forma harmônica sem movimentos rígidos. Os movimentos devem ser contínuos e ritmados.

 

Rua Uruguaiana, 1144, Bosque • Campinas-SP
Fone: (19)3291.5885 • studiuma@studiumapilates.com.br
Política de Privacidade